Selo Reimagine

Localização

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Publicação online do Arquivo Público do Estado de São Paulo (APESP), a Revista do Arquivo convida para chamada de artigos para a sua 6ª edição, a ser publicada em março deste ano.

Dossiê Temático: Tecnologia da Informação aplicada aos artigos.

Seção Vitrine

A revista também convida leitores a contribuírem com crônicas e relatos de experiências para compor a seção Vitrine da revista. Os selecionados pela equipe editorial serão publicados na seção Vitrine. Não é necessária a vinculação do conteúdo com o tema da revista.

Normas para a publicação: bit.ly/2D0TKo7

Enviar trabalhos para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. até 29/01/2018

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Evento no polo UniCEU Butantã reuniu alunos do Curso de Pedagogia e seus familiares para conhecerem a atuação da educadora Cristiane Velasco

Os alunos do Curso Semipresencial de Licenciatura em Pedagogia, oferecido pela Unesp e Universidade Aberta do Brasil (UAB), tiveram a oportunidade de participar de uma oficina de contação de histórias. O evento aconteceu no polo UniCEU do Butantã, no dia 5 de dezembro, com a participação da educadora Cristiane Velasco, que mostrou aos presentes como encantar crianças com o que ela chama de “histórias de boca”.

Organizado pela orientadora de disciplina Fabiana Barbosa, o encontro foi um complemento à Disciplina Conteúdos e Didática de Língua Portuguesa e Literatura. Também estiveram presentes os familiares dos alunos (incluindo crianças); o coordenador pedagógico do curso, professor Edson Inforsato e o revisor Antonio Netto Junior, ambos integrantes da equipe do Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da Unesp.

Utilizando instrumentos de percussão, dança, interpretação e canto, Cristiane contou a história de Maria Sabida e João do Uia, versão brasileira de um conto tradicional norueguês feita pela educadora em 2007. A narrativa é sobre uma princesa metida a saber tudo e um moço com fama de bobo que resolve enfrentar um duelo de boca para se casar com ela. O desafio a ser vencido é calar Maria Sabida por um minuto.

Assista algumas cenas do evento:

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Banner horizontal composto por foto colorida que cobre dois terços do espaço, mostrando homem branco sentado em cadeira de rodas e digitando em um notebook que está sobre uma grande mesa de madeira. A foto é bem aproximada, mostrando apenas o corpo a partir dos joelhos até o pescoço. Atrás do homem, fora de foco, está uma estante comprida de madeira com prateleiras cheias de livros. Á frente desta estante, também borrada, está a imagem de uma de uma mulher, visível apenas da cintura até os pés. Ao lado desta foto, em um fundo azul, está escrito em letras brancas: A experiência da Unesp no processo de inclusão do estudante com deficiência

Artigo científico reúne as recomendações mais relevantes para o desenvolvimento de cursos na modalidade EaD na perspectiva inclusiva

Foto colorida do estúdio do Núcleo de Educação a Distância da Unesp durante gravação de aula. Em primeiro plano, equipamento de áudio e notebook com a imagem do professor sobre uma mesa. Ao fundo, está o professor, um homem branco de cabelos brancos e terno escuro, sentado em uma mesa e falando olhando para uma câmera. Atrás dele, um fundo azul usado em gravações.

 A inclusão de pessoas com deficiência em cursos desenvolvidos pelo Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da Unesp é o tema de artigo publicado na revista científica Cadernos de Pós-Graduação da Universidade Nove de Julho (Uninove). As autoras Soellyn Elene Bataliotti, Elisa Tomoe Moriya Schlünzen e Danielle Aparecida Nascimento Santos descrevem as boas práticas do NEaD/Unesp que objetivam a educação de qualidade para todos, direito preconizado pela constituição brasileira.

O trabalho expõe as etapas necessárias para o desenvolvimento de um curso a distância em uma perspectiva inclusiva, que derrube as barreiras ao acesso e permanência das pessoas com deficiência e, consequentemente, diminua os índices de evasão. O artigo baseia-se nas experiências do NeaD/Unesp , desde sua criação em 2009, com a identificação das necessidades dos estudantes e as ações para supri-las, articuladas com estudos acadêmicos realizados no âmbito do grupo de pesquisa da linha Processos Formativos, Ensino e Aprendizagem da pós-graduação da Unesp, câmpus de Presidente Prudente (SP).

O texto oferece parâmetros para a elaboração de um curso acessível e inclusivo, desde a constituição de uma equipe multidisciplinar (técnica e pedagógica) até a mediação da aprendizagem dos alunos durante o processo de formação. É descrito o papel de cada profissional na produção do curso, assim como a abordagem pedagógica utilizada (Construcionista, Contextualizada e Significativa).

Acesse o artigo: https://goo.gl/FkvzDV

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Estudo apresenta resultados referentes ao desempenho de estudantes submetidos às provas piagetianas

O desempenho de estudantes com Síndrome de Down submetidos às provas piagetianas em Sala de Recursos Multifuncionais (SRM) é tema de artigo da edição atual da revista Cadernos de Pedagogia (Ano 11, Volume 11, Número 21). O artigo O delineamento de um programa de Atendimento Educacional Especializado a estudantes com Síndrome de Down por meio das provas piagetianas teve como principal objetivo identificar e caracterizar o estágio de desenvolvimento cognitivo dos estudantes para o planejamento da intervenção pedagógica de forma a estimular as habilidades que se encontram em defasagem.
 
Este estudo contou com a participação de sete sujeitos com Síndrome de Down, frequentadores da SRM do Centro de Promoção para a Inclusão Digital, Escolar e Social (CPIDES), implantado na Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), câmpus de Presidente Prudente (SP), onde ocorre o Atendimento Educacional Especializado a este público-alvo. 
 
O texto é de autoria de Juliana Dalbem Omodei, doutoranda em Educação da FCT/Unesp;  Renata Portela Rinaldi, professora assistente da FCT/Unesp e de Elisa Tomoe Moriya Schlünzen, professora adjunta da FCT/Unesp e coordenadora do Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da Unesp. 
 
O texto resulta de pesquisa de mestrado realizada pela primeira autora, centrada na compreensão da potencialidade pedagógica dos recursos e materiais da SRM para a aprendizagem de pessoas com Déficit Intelectual.
 
Confira os resultados:  https://goo.gl/zVwk8U
 

 

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Instituto Nacional de Educação de Surdos venceu as categorias Global e de Educação Híbrida com curso on-line de Pedagogia Bilíngue

O prêmio internacional Reimagine Education, organizado pela Universidade da Pensilvânia (Estados Unidos da América) e pela instituição QS Quacquarelli Symonds, foi concedido este ano ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), órgão do Ministério da Educação (MEC) que subsidia a formulação e apoia a implementação de políticas públicas brasileiras na área da surdez.

Durante conferência na cidade norte-americana de Filadélfia, nos dias 4 e 5 de dezembro, foram anunciados os vencedores da prestigiada competição internacional, em 16 categorias diferentes, além dos prêmios globais, regionais e por disciplina. O INES ganhou o primeiro lugar nas categorias Global e de Educação Híbrida com o projeto do curso on-line de Pedagogia Bilíngue (Língua Brasileira de Sinais – Libras – e Língua Portuguesa), que tem o objetivo de formar professores para atuarem com estudantes surdos em todo o Brasil.

O Reimagine Education recompensa abordagens inovadoras para a Educação Superior voltadas para melhorar os resultados de aprendizagem e empregabilidade. É a primeira vez que uma instituição brasileira conquista o primeiro lugar geral na premiação. No ano passado, o Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) destacou-se ao receber o bronze entre as universidades da América Latina, pela construção de Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) acessíveis ao público-alvo da Educação Especial e pelas metodologias pedagógicas associadas a estas plataformas educacionais, visando à inclusão e o desenvolvimento de todos os estudantes. (Leia mais em https://goo.gl/PcN5Db )

O concurso envolveu mais de mil projetos inscritos de renomadas universidades de 73 países. Dentre os participantes, o INES superou instituições consagradas como o Massachusetts Institute of Technology (MIT), Harvard e Oxford. Além do reconhecimento global, a instituição receberá US$ 5,000 em serviços de tecnologias on-line e mais US$ 50,000 em dinheiro, a serem investidos no projeto.

Sobre o curso

O curso on-line de Pedagogia Bilíngue oferece materiais didáticos produzidos em Libras (e não somente adaptados ou com janela para a tradução). O AVA é totalmente bilíngue e navegável através da Libras, focando a aprendizagem do estudante surdo, com mapas mentais que possibilitam a organização do conhecimento de forma personalizada e visuoespacial, glossário de Libras que cataloga as variações linguísticas de cada região e representações imagéticas capazes de se traduzirem em aspectos visuais e na própria Língua de Sinais.

A plataforma educacional também possui diversas trilhas de aprendizagem; recursos de jogos; módulos semi adaptativos de acordo com o desempenho dos alunos; ambiente pessoal de aprendizagem, onde cada estudante pode organizar sua própria rede social de conhecimento; possibilidade de interação entre os alunos em tempo real e de os mesmos salvarem as principais mídias em suas galerias pessoais, entre outras ferramentas.

“Nossa proposta de Educação Híbrida é baseada na construção coletiva do conhecimento e na constante interação entre os estudantes, professores-mediadores e o ambiente virtual, sendo sempre marcada pela relação sujeito-hipermídia-sujeito”, explica o professor Bruno Galasso, coordenador do projeto vencedor, juntamente com o professor Dirceu Esdras.

O curso será ofertado por meio de parceria com instituições públicas de ensino superior em 13 polos nas cinco macrorregiões do país para estudantes surdos e ouvintes a partir de fevereiro de 2018. O processo seletivo será realizado com a nota do ENEM. Mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Assista ao vídeo do projeto: https://goo.gl/nsb5PP

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
  • a-LogoUniceu.png
  • b-logoprefeiturasp.png
  • c-LogoProexOver.png
  • d-LogoProgradOver.png
  • e-LogoPropgOver.png
  • f-logocetesb.png
  • g-LogoSecEducacao.png
  • h-LogoUAB.png
  • i-LogoCapes.png
  • j-logoMEC.png
  • k-LogoAna.png
  • l-logoMinisterioMeioAmbiente.png
  • m-LogoCulturaAcademica.png
  • n-LogoEditoraUnesp.png
  • o-LogoVunesp.png
  • p-LogoFundunesp.png
  • q-logoIBC.png
  • r-logouabpt.png
  • s-LogoFundacaoEspacoEco.png
  • t-LogoAndef.png