Notícias

Publicado em 06 Junho 2012

“Acesso aos Catálogos de Bibliotecas e Bases de Dados” é tema de oficina realizada no Polo Tupã

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Alunos de Tupã participam da oficina, realizando atividades pelo computador.Os cursistas do Polo Tupã, do curso semipresencial de Pedagogia da Unesp/Univesp, participaram no dia 28 de maio de uma oficina intitulada “Acesso aos Catálogos de Bibliotecas e Bases de Dados”. A atividade foi ministrada por Eliana Kátia Pupim, mestre em Ciência da Informação e Bibliotecária na Unesp de Tupã.

No encontro, promoveram-se exposições sobre ferramentas para acesso à bases acadêmicas de estudos científicos, seguidas da realização de atividades práticas. Segundo a orientadora de turma, Maria de Fátima Salum Moreira, o objetivo desta oficina foi propiciar ao cursista o conhecimento das múltiplas maneiras de ter acesso à informação científica em fontes acadêmicas virtuais reconhecidas.
 
“Também visamos com esta atividade orientar que o acesso à informação pode ocorrer na forma presencial, onde o aluno se desloca até a Biblioteca da Unesp Campus de Tupã, ou de forma remota, onde o acesso as inúmeras bases de dados é intermediado pelo computador. Além disso, buscamos proporcionar oportunidades de realização de atividades práticas, pelos alunos, com a supervisão da ministrante da oficina”, relata Moreira.

O conteúdo ensinado abrangeu o uso de 6 ferramentas: a BAMP (Biblioteca Ana Maria Poppovic), que possui um catálogo de pesquisa ao Acervo da biblioteca; o Educ@, um portal de revistas focadas na educação; a SciELO (Scientific Eletronic Library Online), que contém periódicos científicos de diversas áreas; o Capes, que apresenta materiais bibliográficos do mundo todo com acesso e tradução imediatos; o Banco de Teses e Dissertações da USP e UNICAMP, com trabalhos publicados pelas duas universidades; e o P@rthenon, um metabuscador que recupera materiais da rede de bibliotecas da Unesp, também com tradução e acesso imediatos.

De acordo com a cursista Marina Matiko, a oficina evidenciou que a tecnologia é um recurso eficaz para a ampliação da pesquisa, pois agiliza a busca de informações a respeito de um determinado tema. “Confesso que já havia tentado fazer pesquisas na SciELO, mas encontrei muitas dificuldades. Agora, após estes ensinamentos, acredito que meu trabalho e dos meus colegas ficará mais fácil de ser realizado.”

Além de Matiko, os alunos Sérgio Otaviano e Cristiane Araújo também aprovaram a atividade. “Foi de grande valia para mim, e já encontrei registros preciosos para o meu trabalho”, finaliza Araújo.

 

Soraia Marino – NEaD
(foto: Polo Tupã)

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
  • a-LogoUniceu.png
  • b-logoprefeiturasp.png
  • banner_mestrado_profissional.jpg
  • c-LogoProexOver.png
  • d-LogoProgradOver.png
  • e-LogoPropgOver.png
  • f-logocetesb.png
  • g-LogoSecEducacao.png
  • h-LogoUAB.png
  • i-LogoCapes.png
  • j-logoMEC.png
  • k-LogoAna.png
  • l-logoMinisterioMeioAmbiente.png
  • m-LogoCulturaAcademica.png
  • n-LogoEditoraUnesp.png
  • o-LogoVunesp.png
  • p-LogoFundunesp.png
  • q-logoIBC.png
  • r-logouabpt.png
  • s-LogoFundacaoEspacoEco.png