Selo Reimagine

Notícias

Publicado em 04 Janeiro 2019

Nova fonte une escrita Braille com a tradicional

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Grandes inovações vêm de soluções aplicadas em problemas do cotidiano. Pouco se vê a escrita em Braille em espaços públicos, seja em sinalizações, mensagens ou propagandas. Mas o designer japonês Kosuke Takahashi deu a sua contribuição para acabar com isso.

Takahashi desenvolveu uma nova tipografia, que une a escrita em Braille com a tradicional. A fonte nomeada de Braille Neue une os pontos em relevo com as letras da escrita tradicional, fazendo com que a mesma mensagem seja transmitida para todos.

O designer japonês desenvolveu esta fonte visando os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio 2020. Além disso, esta é uma forma da escrita em Braille se tornar familiar por todo o público.

A tipografia possui duas versões: aliada ao alfabeto tradicional (Braille Neue Standard) e a aliada ao alfabeto japonês (Braille Neue Outline).

Veja a tipografia desenvolvida por Kosuke Takahashi clicando aqui (em inglês e japonês).

Escrita Braille

Desenvolvida pelo francês Louis Braille em 1824 ao aprimorar um sistema de comunicação já existente chamado de escrita noturna, feito pela artilharia francesa. O código era baseado em 12 pontos em alto relevo, mas Braille o simplificou para 6 pontos. Em 1829, o francês publicou o código que leva o seu nome e permanece basicamente inalterado até hoje.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
  • a-LogoUniceu.png
  • b-logoprefeiturasp.png
  • banner_mestrado_profissional.jpg
  • c-LogoProexOver.png
  • d-LogoProgradOver.png
  • e-LogoPropgOver.png
  • f-logocetesb.png
  • g-LogoSecEducacao.png
  • h-LogoUAB.png
  • i-LogoCapes.png
  • j-logoMEC.png
  • k-LogoAna.png
  • l-logoMinisterioMeioAmbiente.png
  • m-LogoCulturaAcademica.png
  • n-LogoEditoraUnesp.png
  • o-LogoVunesp.png
  • p-LogoFundunesp.png
  • q-logoIBC.png
  • r-logouabpt.png
  • s-LogoFundacaoEspacoEco.png