Selo Reimagine

Notícias

Publicado em 06 Outubro 2017

Professora apresenta em Portugal pesquisa desenvolvida em curso de especialização em Educação Especial

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
Escrito por Vanessa Krunfli Haddad

A professora de educação infantil Renata Dora Cantarim não imaginava que conheceria Portugal este ano. No entanto, em setembro, ela esteve na cidade de Braga, não para um simples passeio, mas para apresentar um trabalho no XIV Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia, realizado na Universidade do Minho.

A pesquisa que a comissão científica do evento aprovou foi desenvolvida por Cantarim durante o Curso de Especialização em Educação Especial com ênfase em Altas Habilidades/Superdotação, oferecido por meio de uma parceria entre o Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), a Pró-Reitoria de Pós-Graduação (ProPG) da Unesp e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

Semipresencial, a especialização teve a duração de um ano e três meses e contou com a participação de cerca de 360 professores da rede pública municipal de São Paulo, divididos entre os temas “Altas Habilidades/Superdotação“ e “Deficiência Auditiva/Surdez”. Cantarim submeteu aos organizadores do congresso o resumo de seu trabalho acadêmico de conclusão de curso e, após a aprovação, redigiu um artigo com o auxílio da sua orientadora, Carina Alexandra Rondini, docente do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Unesp de São José do Rio Preto.

O texto é um estudo de caso que enfoca a identificação de educandos com altas habilidades/superdotação. Um aluno de 9 anos, do 3º ano do Ensino Fundamental I, foi acompanhado e analisado com base nas concepções dos teóricos Joseph Renzulli e Zenita Cunha Guenther. “Sempre me interessei por esse tema e a especialização me incentivou a continuar pesquisando e estudando”, conta Cantarim, que trabalha na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Tenente Paulo Alves e no Centro de Formação e Apoio à Inclusão (CEFAI) da Diretoria Regional de Educação Ipiranga. “Ainda tenho muito a aprender. Pretendo seguir para o mestrado”, planeja.

O artigo completo será publicado até o final deste ano em um volume extraordinário da Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
  • a-LogoUniceu.png
  • b-logoprefeiturasp.png
  • banner_mestrado_profissional.jpg
  • c-LogoProexOver.png
  • d-LogoProgradOver.png
  • e-LogoPropgOver.png
  • f-logocetesb.png
  • g-LogoSecEducacao.png
  • h-LogoUAB.png
  • i-LogoCapes.png
  • j-logoMEC.png
  • k-LogoAna.png
  • l-logoMinisterioMeioAmbiente.png
  • m-LogoCulturaAcademica.png
  • n-LogoEditoraUnesp.png
  • o-LogoVunesp.png
  • p-LogoFundunesp.png
  • q-logoIBC.png
  • r-logouabpt.png
  • s-LogoFundacaoEspacoEco.png